Translate

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Mostrar emoção é sinal de fraqueza?

     Na minha opinião, o que tem a ver emotivo com opinião própria? Sei que muitas pessoas têm interpretações diferentes e, reage de uma forma. Isso também depende do país no qual  estamos inseridos e, do contexto de cada um. O que em um país pode ser fraqueza , no outro pode ser aquele empurrãozinho que define você a pessoa ideal. Então, sendo assim, a resposta para esta pergunta, tem milhares de tons e cores, do cinza nublado ao amarelo reluzente.
     Por muitas vezes ouvimos: Homem não chora, mulher deve cuidar da casa em tempo integral, mulher deve ter cabelos longos, homem de cabelos longos parece uma mulher, não sorria alto pois, isso demonstra que você não é educado; e finalmente: Mostrar sensibilidade é sinal de fraqueza, etc.... A sociedade lança tantos conceitos do que é certo e do que é errado, mas você já parou para pensar no que te faz feliz? Voltando ao assunto "emoção", exemplificando, pode ser chorar na frente de alguém por uma noticia boa ou má; encontrar um amigo e dar um abraço apertado; fazer uma declaração de amor a alguém;etc...
                      O que quero dizer é que mostrar emoção por algo, não faz você ser uma pessoa fraca/o, isso somente demonstra uma de suas características mas, não impede de você ser o melhor no que faz e de ser forte em situações que as pessoas que se julgam "não frágeis" não aguentariam nem por um minuto, isso são dados vividos e observados.
                      De uma coisa eu sou certa, devemos expressar o que queremos, no momento que consideramos justo e da forma como desejamos, sem nos preocupar com a pressão externa. Nunca teremos razão por unanimidade. O que somos, a nossa essência é apenas uma e quando queremos afogá-la somente para mostrar que alcançamos padrões predefinidos por outras pessoas, acabamos sofrendo as consequências. Procurar adaptar-se ao externo ou tentar ser alguém completamente diferente de quem somos, não é sempre saudável; muito pelo contrário; pode ser muito cansativo e desgastante. Afinal de contas: Uma pessoa não consegue interpretar nem por 24h, imagina todo dia.
                      Pleaseeee: Não faça isso com você mesmo, apenas deixe refletir quem você é de verdade. Se alguém o considerar fraco somente porque você mostrou o que sente, não ligue e perdoe. Lembre-se da frase de Gandhi: "O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte."

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Viva a vida e não deixe-a passar despercebida


              Aproveitem cada momento como se fosse o último! Ria de si mesmo, brinque, não se preocupe em crescer de forma tão rápida, assuma seus erros sem transtornos afinal, estamos aqui para aprender com eles, não é mesmo?? Tente sempre algo novo, não tenha medo de arriscar, ousar significa que você esta vivendo. Quando paramos de sonhar ou, deixamos de sentir incomodados com algo que queremos mudar, entramos em um terreno perigoso chamado: Acomodação, esse terreno que  no início parece firme e não acarretar riscos, com o passar do tempo se transforma em um solo baldio, frio e insuportável. Então: Faça planos, sonhe, erre e tente de novo, deixe o sorriso sair dos seus lábios sem se preocupar com o que os outros vão dizer, seja você mesmo e não perda sua essência. O fato de ter problemas no meio do caminho, não significa que tudo esta perdido; isso mostra que você vai precisar de mais positividade e aprenderá mais com isso, adquirindo experiência e força. Tenham uma excelente semana!!!

Aslane Oliveira

sábado, 1 de julho de 2017

                                                         
Julgar é pecado?

      Primeiro se é pecado ou não, é o que menos importa neste caso. A pergunta é: Porque eu julgo? Ou, o o que me da o direito de julgar? Será que meu julgamento faz o julgado evoluir em algo? Vou resolver os problemas das pessoas julgando? É gente o pior é que além de não sermos perfeitos e não termos a bola mágica, ainda acabamos dando opiniões na vida dos outros e no final não resolvemos nem 50% da nossa. Lembre-se que quando apontamos um dedo para alguém, existem 4 destes apontando para nós.
                       Vocês já devem reparado que é normal pensar que: "A grama do vizinho é sempre mais verde que a nossa", mas neste caso de julgar, acabamos pensando: "A grama do vizinho esta seca, então deixe eu dizer a ele onde é que ele errou e apontar o dedo, criticar, e ainda sair falando por ai da vida dele" , em vez de, pensar onde é que eu estou errando, devo mudar algo na minha vida?  É Sempre mais fácil achar a solução para o outro do que para nós mesmos, isso é muito óbvio. Então, que tal parar de julgar e começar a ajudar.
                        A diferença entre ajudar e julgar, na minha opinião é muito sutil. Ajudar significa que alguém te deu uma abertura, pediu um conselho ou até mesmo uma idéia, sendo assim, este é o momento justo para dizer o que você acha. Já  "julgar" você começa a dar opiniões e soluções sem ninguém ter te pedido ou insinuado, você simplesmente sai por ai espalhando soluções na vida dos outros, demonstrando erros aqui e acolá. Será que isso é realmente saudável para você e para as pessoas que estão ao seu redor? Acho que você deve pensar nesta pergunta com todo carinho.
                          Julgar sem passar pela mesma situação, é a mesma coisa que dirigir sem ter carteira. Você pode fazer um dano grande ao dar sua opinião de uma forma agressiva e provocatória.
                        Muitas pessoas para tirar o foco da sua monótona vida, coloca seu foco na vida de  outras pessoas, e muitas das vezes se incomoda com a pessoa A, B ou C, pelo simples fato de estas pessoas terem a coragem de fazer o que elas nunca tiveram. Atrás de um julgar e tachar alguém, esta uma pessoa que nem sempre é satisfeita com a própria vida e encontra nisso uma forma de se sentir mais leve.
                       Eu acho que o maior pecado é se perdermos no meio do caminho. Deixar de carregar aquele brilho nos olhos, deixar de deslumbrar das pequenas coisas, para ser somente atraídos pelos erros alheios e, o pior de tudo: Não enxergar isso. Não deixe esta nuvem cinza ficar pairada sobre você, não esqueça que antes de ajudar os outros, você precisa ajudar a si mesmo, sendo assim poderá levar luz onde quer que você vá. Não se perda, se encontre, se realize e mude algo. Às vezes  se perder é o melhor caminho para se encontrar. Vamos julgar menos e aprender mais, com nós mesmos e com as outras pessoas que nos cercam. Se ame sempre, ajude sempre que puder e julgue menos!

Aslane Oliveira

terça-feira, 27 de junho de 2017

Usar alguém para atingir um escopo é algo inaceitável? 

           Pode ser inaceitável para nós, mas para as pessoas que nos usam, é uma forma de demonstrar "esperteza", "poder", é apenas uma forma natural do andar da carruagem delas,
           Realmente é deprimente passar por este tipo de situação, apesar de, ser algo não muito distante hoje em dia. A pergunta é: Será que alguém é capaz de criar uma ilusão para que você acredite que algo que ela esta fazendo é para o seu bem? A resposta é sim, sim e sim! Me sinto muito mal em escrever isso mas, a realidade dói e liberta ao mesmo tempo. Como fazer para identificar este tipo de pessoa? é realmente difícil, porém na primeira vez que a pessoa fizer algo do tipo, já esteja alerta.    Não pense que é um caso isolado, devemos ser positivos mas, não devemos fantasiar uma coisa irreal. Dificilmente essas pessoas mudam e, o melhor é que você se proteja. Não caia duas vezes na mesma história. Afinal cair uma vez é humano , mas duas vezes já é burrice. 
          Falamos tanto a frase: "A vida ensina". Mas será que queremos aprender? ou justificar, colocando um pano quente aos acontecimentos. Quando nos damos conta que fomos enganados, ludibriados, ou qualquer outro nome que queiram chamar, nos sentimos sem chão, é como se um buraco negro tivesse se aberto debaixo dos nossos pés. Vem uma sensação de impotência e auto- punimento, através de pensamentos do tipo: Como eu acreditei nisso? Por que fizeram isso comigo? a resposta é simples: a pessoa só faz com agente o que permitimos, então tente não permitir mais isso em vez de se auto-flagelar. O melhor a fazer é respirar fundo e seguir em frente e se possível ignore, isso ai, ignore esse fato, e por favor levante a bandeira vermelha para essa pessoa. Não permita que ela venha te ilusionar novamente. Relaxe, porque de nada adianta o estresse , acredito muito na frase que diz: "Deus tem mais para dar, do que o diabo para tirar"
             Se algo do tipo acontecer com você, não se culpe, apenas não caia mais nessa, se afaste dessas pessoas, ou, pelo menos mantenha sua bandeira vermelha levantada. Assim você vai estar protegendo não só a sua vida, mas os seu sentimentos. Fique perto de quem te faz bem, para que assim você possa seguir leve, ninguém precisa de uma ancora ao lado, pois a vida nem sempre se apresenta de uma forma fácil, mas depende de nós torná-la melhor ou pior, nossas atitudes revelam muito de como a vida se apresenta diante dos nossos olhos.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Porque dar um basta no que te faz mal?

    

          Porque você tem que se amar primeiro, independente de qualquer situação e pessoa. Por diversas vezes assisti como expectadora a episódios dignos daquela mãozinha aberta que diz: Basta. Estamos a todo momento suportando várias situações, onde não só temos vontade de dar um basta, mas também bate aquela vontade de soltar o verbo, colocar para fora todos os sapos engolidos e bastas não dados anteriormente, acham que é somente vocês que sentem isso? Não. A resposta a essa pergunta é: absolutamente não! Pode parecer exagerado, mas quantas vezes nos pegamos tristes e cabisbaixo? Várias , porque esse sentimento também faz parte da vida. Mas a verdadeira pergunta é: Quantas vezes você fica assim por culpa de algo que você fez? você vai perceber que a resposta ira te surpreender! Isso mesmo. Na maior parte do tempo somos sempre afetados pelos outros, que muitas das vezes descarregam em nós frustrações e insatisfações, ou até mesmo cria uma rede de perseguição, você sabe o que é isso? A pessoa te persegue, diz que você é inútil, que faz tudo errado e, o pior é que você ainda acredita nela e continua antenado em tudo que ela diz. Nesta hora vc deveria se concentrar em outra coisa; quem sabe no que você vai fazer final de semana? ou o que irá assistir no cinema? é isso que você deve fazer, desconecte sua atenção e viaje para onde quiser. Tudo que esta pessoa quer fazer é tirar o foco dela e colocar em você. Não precisa falar que essas pessoas sentem prazer em te ver mal, assim ela pode acreditar que é melhor do que você. Não caia nessa! E dê um basta ao que te faz mal, se for preciso se afastar faça isso, ou você quer viver sendo alvo de acusações e depreciação alheia?
                 Esse foi somente um exemplo, mas venho aqui hoje levantar a bandeira que diz:"cancele da sua vida tudo que te faz mal", ou pelo menos quase tudo! Nem tudo se pode cancelar, mas podemos criar comportamentos novos para transformar este circulo vicioso em um circulo virtuoso. Não deixe as pessoas tirarem a sua paz, em vez disso passe um pouco para ela, pode ser simplesmente um silencio, porque não existe discussão sozinho, Liberte-se, apaixone-se, divirta-se, ame sua família, porque no final de tudo , é isso que levamos da vida: um sorriso no rosto e as lembranças inesquecíveis. 

Aslane Oliveira